Como a Raiva e a Humilhação Podem te ajudar

O pequeno Cholo, moleque de pé no chão, segue para o a mercearia para comprar pão, de mãos dadas com sua mãe.  No caminho, distraído, vai chutando pedrinhas e sonhando acordado.

Chegando lá, Cholo solta a mão da mãe para inspecionar as mercadorias do armazém, como qualquer menino curioso. Em apenas cinco minutos, a mãe o chama e eles deixam o armazém sem nenhum pacote nas mãos e ela tem o rosto banhado em lágrimas. O pequeno Cholo escuta da mãe que o dono do armazém havia se recusado a vender o pão fiado, pois ela já estava devendo uma conta muito grande. Portanto, esta noite, não haveria jantar.

Ao ver a mãe humilhada e voltar para casa sem o pão, Cholo jurou que sua família nunca mais passaria fome. O pai ferroviário e a mãe, empregada doméstica, não conseguiam manter a família e por isso, Cholo, aos 13 anos largou os estudos e começou a trabalhar, como uma espécie de “office-boy faz tudo” em uma camisaria fina, para ajudar em casa. Depois foi trabalhar numa confecção, onde notava que as pessoas paravam para admirar as vitrines com roupas sofisticadas e caras, que elas não poderiam comprar. Teve a ideia de costurar roupas finas e bonitas a preços acessíveis para quem não podia comprar. Procurou uma amiga costureira e deu início ao seu projeto.

E da humilhação da mãe e da promessa feita a si mesmo, o pequeno Cholo, agora um homem e devidamente reconhecido por seu nome (Amancio Ortega), passo a passo, cria a Zara. A empresa, hoje, é parte de seu império e fez dele um dos homens mais ricos do mundo.

A história está repleta de exemplos como esse. Empreendedores de sucesso que transformaram circunstâncias mais que adversas em vitórias memoráveis.

Capazes de usar sua força interior, sua vontade de fazer acontecer e até mesmo um sentimento inicialmente negativo como a raiva para realizar um objetivo maior, esses guerreiros mostraram seus dentes ao destino, criando a própria realidade.

Se hoje você, que me lê, está se sentindo humilhado, com raiva, e lhe está faltando o “pão”, canalize essa raiva e esse sentimento negativo para mover o seu mundo e criar a sua nova realidade. Lembre-se do pequeno Cholo que, aos 13 anos, fez uma promessa a si mesmo e a cumpriu – de Zero a Zara*.

Se ele pode, você também.

  • “De Zero a Zara” é o título do livro de Jesus Salgado que contém a biografia de Amancio Ortega.
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: